sábado, 9 de maio de 2015

33 anos sem Gilles

Gilles Villeneuve é uma lenda da Fórmula 1. Um piloto aguerrido, talentoso, rápido, louco. Um piloto que não sobreviveria ao politicamente chato da F1 de hoje.

Ontem, 8 de maio, completaram 33 anos de sua morte, nos treinos para o GP da Bélgica de 1982, em Zolder. Morria ali o meu primeiro grande ídolo do automobilismo. O segundo morreria 12 anos depois.

Um tributo ao mito


A maior batalha de todos os tempos da Fórmula 1


Nenhum comentário:

Postar um comentário