segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Como ficaram as oitavas da Champions League e os nossos palpites

Sorteio realizado nessa segunda de manhã foi pai para Manchester City e padrasto para Real Madrid, PSG, Chelsea e Barcelona


E as oitavas de final da Champions ficaram assim:

Juventus x Tottenham
Basel x Manchester City
Porto x Liverpool
Sevilla x Manchester United
Real Madrid x PSG
Shakhtar x Roma
Chelsea x Barcelona
Bayern de Munique x Besiktas

Palpites do Blog:

Juventus x Tottenham - Confronto equilibrado onde o Tottenham tem a chance de passar caso não dê aquela amarelada típica de time desacostumado a conquistas. Palpite: Juventus.
Basel x Manchester City - Guardiola e seus comandados devem estar comemorando muito esse sorteio. Pegou o adversário que todos os grandes queriam. Palpite: City atropela.
Porto x Liverpool - O Porto faz uma temporada boa mas o Liverpool se acertou e Salah vem jogando demais. Palpite: Liverpool passa tranquilo.
Sevilla x Manchester United - O United é muito mais time que o Sevilla. O time espanhol tomou de 5 só no primeiro tempo do Real Madrid pelo espanhol. Palpite: United com tranquilidade.
Real Madrid x PSG - Certamente o jogo mais esperado dessa fase. O Real está claudicante no espanhol mas é o Rei da Champions. Já o PSG vem com o trio Mbappé, Neymar e Cavani. Equilibradíssimo. Palpite: PSG de maneira emocionante.
Shakhtar x Roma - A embaixada brasileira no leste europeu vai encarar um time que também não tem aspirações de título da Champions. Confronto equilibrado. Palpite: Shakhtar
Chelsea x Barcelona - Outro confronto equilibrado. Tudo vai depender dos possíveis desfalques do Barcelona. Se estiver com o time titular, o Barça terá leve favoritismo. Mas, se precisar usar André Gomes, Denis Suarez, Digne, Alcacer, etc o Chelsea se torna o favorito. Palpite: Barcelona.
Bayern de Munique x Besiktas - Outro confronto tranquilo, com absoluto favoritismo para um dos times. Palpite: Lewandowski e cia irão passear nesse confronto.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

O trabalho administrativo tem que continuar. Com ou sem Abad

Acordo com Organizadas não pode deter a reestruturação financeira no FLU


Poucos dias depois da publicação do balancete do 3° trimestre de 2017 onde o déficit de fluxo de caixa do clube havia caído para pouco menos de 14 milhões e com uma perspectiva menos pessimista para 2018, uma bomba caiu nas Laranjeiras. A operação da Polícia Civil que investiga o cambismo no futebol através de torcidas organizadas teve mandado de condução coercitiva contra o Presidente do Fluminense, Pedro Abad.

Foto: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C. / LANCE!
Abad seguiu para a cidade da polícia e prestou seu depoimento sobre os fatos investigados e, em entrevista, admitiu que em setembro fechou acordo com as Organizadas do Fluminense de conceder ingressos para que o apoio ao time fosse maior nas arquibancadas. 

Em primeiro lugar é preciso dizer que ceder ingresso para organizadas não é crime e não o coloca, a priori, como cúmplice do crime de cambismo que as organizadas estão investigadas e presidentes delas presos ou procurados. Imputar a ele crimes pelo fato de ter ido depor na operação é mais um capítulo da leviandade da oposição do (ao) Fluminense que a manada segue sem pensar, pesquisar, estudar ou se informar.

Em segundo lugar é igualmente preciso dizer que qualquer associação de dirigente com torcidas organizadas é absolutamente abominável. Não é de hoje que as torcidas que nasceram no final da década de 60 para fazer a festa e incentivar os times se tornaram, boa parte delas, organizações criminosas. Dar 2, 20 ou 200 ingressos para essa gente não é um delito mas é uma falta de inteligência e estratégia tremendas.

Em terceiro lugar, é preciso que no Brasil paremos com julgamentos sumários por redes sociais onde achincalhamos histórias, imagens, vidas. Pedro Abad depôs e tem o direito a presunção da inocência, a ampla e irrestrita defesa e a protestar contra o nefasto mandato de condução coercitiva que, parece, virou moda entre juízes que querem aparecer na mídia. Não houve recusa a depor pois não houve intimação para fazê-lo. Então, a condução coercitiva se torna uma violência e um abuso de autoridade.

Tão importante quanto a investigação e a punição dos culpados por cambismo é a continuidade da reestruturação financeira do Fluminense. Ela não pode parar. O trabalho administrativo até agora, em que pese a gritaria da manada, é excelente. O Fluminense conseguiu reduzir o déficit de fluxo de caixa que era previsto em 75 milhões no início do ano para 14 milhões ao final do 3° trimestre, vem seguindo as orientações da consultoria da Ernst & Young e tudo aponta para a retomada de investimentos em breve.

Por mais que a manada, incitada pela oposição que destruiu as finanças do clube, não se importe, é essa reestruturação que permitirá ao Fluminense se fortalecer em um prazo muito menor que eles pensam. Livre da pressão de vender jogador para pagar salários ou contas atrasadas, o Fluminense poderá segurar mais os talentos, recusar propostas que considere não serem ideais e investir mais, formando elencos dignos da tradição do clube.

Assim, se o erro (opinião do blog) do Presidente Pedro Abad colocar em risco todo o processo de reestruturação da dívida é hora de buscarmos alternativas. Se, para recuperar credibilidade, o Presidente resolver encher o bolso do clube com empréstimos para gastar e agradar a torcida ou contratar e não pagar, não será mais importante ao Fluminense. 

É hora de Abad pensar, admitir que errou (mesmo não cometendo crime nenhum) e afirmar de maneira categórica que o rumo administrativo da gestão não irá mudar ou então será melhor que renuncie.

Os Grupos da Copa e os Palpites do Blog

Sorteio foi realizado hoje na Rússia. Brasil pega grupo tranquilo




Aconteceu hoje o sorteio dos grupos da Copa do Mundo da Rússia. As 32 seleções foram divididas em 8 grupos da seguinte maneira:

GRUPO A: Rússia | Arábia Saudita | Egito | Uruguai
GRUPO B: Portugal | Espanha | Marrocos| Irã
GRUPO C: França | Austrália | Peru | Dinamarca
GRUPO D: Argentina | Islândia | Croácia | Nigéria
GRUPO E: Brasil | Suíça | Costa Rica | Sérvia
GRUPO F: Alemanha | México | Suécia | Coreia do Sul
GRUPO G: Bélgica | Panamá | Tunísia | Inglaterra
GRUPO H: Polônia | Senegal | Colômbia | Japão

Analisamos os grupos e lá vão os nossos palpites (hora do print):

GRUPO A: Rússia, Arábia Saudita e Egito praticam um futebol pobre e não farão frente a Suarez, Cavani e cia. Classificarão Uruguai e a Rússia (com emoção);

GRUPO B: Grupo tranquilo para a Peníncula Ibérica.  Marrocos sequer pontuará e o Irã dará algum trabalho mas sucumbirá a maior qualidade dos times de Portugal e Espanha. Espanha em 1° e Portugal em 2°.

GRUPO C: França vai passear nesse grupo. Vencerá os 3 jogos com tranquilidade. Segunda vaga será disputada cabeça a cabeça entre Peru e Dinamarca. Palpite: França e Dinamarca

GRUPO D: Apesar do expert em tudo Galvão Bueno dizer que o grupo é muito difícil, a Argentina passará sem sustos para a segunda fase. A segunda vaga será uma surpresa. Argentina e Islândia.

GRUPO E: Suiça pode até dar algum trabalho para o Brasil mas a seleção comandada por Tite vencerá os 3 jogos. A equipe do paraíso fiscal será a segunda classificada.

GRUPO F: Atual campeã do mundo passará facilmente nesse grupo com 3 vitórias. Segunda vaga será da Suécia.

GRUPO G: Nenhum grupo é tão óbvio quanto esse. Ingleses e belgas disputarão quem passa em primeiro. Palpite do Blog: Bélgica em primeiro e Inglaterra em segundo.

GRUPO H: Talvez o grupo mais equilibrado onde os 4 têm condições de se classificar.  Mas o blog acredita que passarão Colômbia e Polônia, nessa ordem.

Palpites feitos. Agora é só printar e nos cobrar (e zoar se errarmos muito)



quinta-feira, 30 de novembro de 2017

TRI-Imortal

Grêmio fatura o TRI da Libertadores na Argentina


O Imortal foi mortal! Depois de um jogo difícil na Arena Grêmio e uma vitória magra e suada por 1x0 ninguém esperava a facilidade no segundo jogo. e, se não foi uma moleza, ficou longe de ter sido um jogo difícil. Muito bem armado pelo técnico Renato Gaúcho, o Grêmio matou o Lanus ainda no primeiro tempo com gols de Fernandinho e Luan e faturou a tão sonhada taça e a classificação para o Mundial de Clubes.

E foi uma campanha com a cara de Renato Gaucho: declarações polêmicas, estátua de óculos escuros, time poupado em jogo de Libertadores mas com uma faceta que ninguém esperava: um Renato estudioso (ao contrário do que a fanfarronice dele dizia) que fez com que o Grêmio marcasse alto, com movimentação muito bem trabalhada e treinada e com jogadores ressuscitados para o futebol como Fernandinho, Cortez e Leonardo Moura.

O Lanús, muito bem treinado por Jorge Almiron assustou, e muito, no primeiro jogo. Um time que não rifa a bola, que pratica o jogo posicional, apoiado, que busca sempre ter um triãngulo de opções para o passe e sabedor de suas limitações técnicas. Fosse treinado por um técnico desatualizado, sequer passaria da primeira fase.

Foto: goal.com
Mas, no segundo jogo, o novo Renato Gaucho, o estudioso, posicionou suas peças de maneira a anular os triãngulos adversários. O Grêmio adotou o perde-pressiona, ou seja, perdia a bola e logo pressionava os jogadores adversários que, limitados tecnicamente, erraram muitos passes. E, quando a marcação alta não funcionava, posicionava as linhas com maestria e saia para o contra-ataque de maneira fulminante.

Está de parabéns o Grêmio pelo TRI. estão de parabéns os jogadores, com destaque para Marcelo Grohe, um MONSTRO durante toda a competição. Está de parabéns Renato Gaúcho que, a despeito da fanfarronice eterna e folclórica, percebeu que não poderia ser o técnico que bateu na trave com o Fluminense, em 2008 e estudou, melhorou, se aprimorou e colocou o Grêmio novamente no Mundial Interclubes. Campeão da Libertadores como jogador e como técnico.