domingo, 28 de maio de 2017

Até quando, Abel?

Antes de mais nada eu quero dizer duas coisas importantes:

1 - Não é nada pessoal contra Abel Braga. Até porque eu não o conheço pessoalmente.
2 - Aos torcedores de técnico de futebol, aviso que todos os xingamentos serão excluídos


Para o Engenheiro de obra pronta, vulgo torcedor, mais vale um técnico ou um jogador que faça discursos de amor eterno ao clube do que aquele que se mantém atualizado e faz o time jogar de maneira equilibrada. É assim com Abel no Fluminense. Quando o técnico fala "o Fluminense é foda", Abel garante um salvo conduto para colocar Marcos Junio, Marquinho ou maranhão em campo. Uma eventual derrota após essas substituições automaticamente será creditada ao Cavalieri, ao Nogueira ou mesmo ao Orejuela.

Foi assim no jogo desse sábado contra o Vasco, Desde o início do jogo o cruzmaltino esteve com a iniciativa do jogo, melhor organizado em com muito mais disposição. Ao longo do primeiro tempo eu me perguntava até quando o Vasco conseguiria manter essa intensidade, em que momento cansaria? Exceto pela bola na trave após cabeçada do Nogueira, o Vasco dominou inteiramente a primeira etapa e venceu, justamente, por 1x0.

Pro segundo tempo, o Fluminense voltou com os mesmos erros: Scarpa como ponta direita, sem recomposição, não formação das duas linhas de marcação, etc. Como esperado, a intensidade do Vasco diminuiu e o tricolor virou o jogo em 2 pênaltis bem marcados e convertidos por Henrique Dourado. Em mais um vacilo do péssimo sistema defensivo do Flu, o Vasco empatou com Manga Escobar.

Mas, como não há nada tão ruim que Abel não possa piorar, ele resolveu mexer no time. Sacou Scarpa, Richarlison e Douglas e colocou os queridinhos Marcos Junio, Marquinho e Maranhão. Lembro-me de colocar no twitter, após a entrada do Resolve (#SQN) que era para a torcida tricolor esperar pelo pior. E ele veio. Aos 47 do segundo tempo em mais erros de posicionamento de um sistema defensivo que parece não treinar.

Marquinho e Lucas marcam a bola e deixam Nenê livre no 3° gol
A derrota de ontem é mais um exemplo da imensa incapacidade de Abel fazer um time equilibrado. Se o tricolor tem o melhor ataque do Brasil, tem uma das piores defesas. Toda bola alta é um Deus nos acuda. Abel fica com o mantra do jogo ofensivo mas o que ganha jogo e campeonato é jogo equilibrado, time que ataca bem, defende bem e tem variações táticas. Ao entrar com 3 volantes e, ainda assim, deixar a defesa desprotegida o tempo inteiro e colocar Scarpa como um ponta-direita, Abel mostrou que não tem variações táticas, que vai insistir com um único modo de jogar, mesmo que tenha 11 zagueiros em campo. Isso é extremamente preocupante para a torcida tricolor.

Agora já podem vir com as ironias como "e colocar quem no lugar dele?" ou "Bom mesmo é o Eduardo Batista que estuda ou o Levir Culpi, né?". Os engenheiros de obras prontas sempre vão se agarrar a palavras que massageiam o ego. Mas os resultados preocupam.

É preciso lembrar que estadual não é parâmetro para nada. O do Rio menos ainda. Mesmo assim, tomamos um passeio tático do PC Gusmão na semi-final da Taça Guanabara, chegamos a tomar sufoco do poderoso SINOP, perdemos para o Goiás na Copa do Brasil, perdemos para o péssimo Liverpool do Uruguai na Sulamericana e agora para o recém saído da série B, Vasco.

Todos já sabem como o Fluminense joga (até porque só joga de uma forma) e será cada vez mais difícil para o tricolor. E não adianta questionar o elenco tricolor. De fato não é um grande elenco mas apenas uns 4 ou 5 têm elenco superior nesse campeonato. O que não pode é preterir o Calazans para colocar Marquinho em campo. 

2 comentários:

  1. Eu não tendo o que vc está falando porque uma derrota para o Vasco vc acha que o cara e ruim oque vc falou nao da para entender porque é a terceira rodada do campeonato disputamo 9 pontos e ganhamos 6 vc fala como se estivesse na zona de rebaixamento faltando duas ou três rodadas e ainda estamos na sul-americana na copa do Brasil vamos esperar pra depois crítica ainda é muito cedo pra aponta o dedo pro Abel agora sim eu pergunto quem poderia fazer um trabalho melhor que o Abel porque eu não vejo outro que possa fazer um trabalho melhor

    ResponderExcluir
  2. Concordo com seu comentário, arma o time de forma errada e parece que não treinam, sem contar com o goleiro que é muito fraco. Com esse time e do jeito que esta jogando, não ganha nada esse ano.

    ResponderExcluir